quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Expectativas criadas sob nossos filhos

Boa noite a todos...que Deus esteja com cada um de vocês.

Semana gostosa...Deus vem cuidando muito de nós e as coisas vem se encaixando...a Raisinha vem crescendo como deveria ser e isso nos tranquiliza muito...pode até parecer estranho o que vou escrever agora...mas no processo pelo qual estamos passando...a Raisinha é a que menos sofre...por diversos motivos...o primeiro é que Deus faz tudo certo e as crianças se adaptam com mais facilidade a todo tipo de mudança...outro motivo é que eu e nossa família focamos a felicidade dela...claro tentando sempre ser o mais equilibrado possível....e em terceiro a Raisinha tem uma rotina e criança independentemente de qualquer coisa precisa de uma rotina...creio que esteja no caminho certo...oro sempre com a Raisinha e isso faz toda diferença e nos renova a cada dia...hoje sou um pai hiper paciente rs...e a Raisa uma filha super companheira...porém que uma companheirinha de 3 anos que testa o papai o tempo todo rsrs...mas é muito bom...as diferentes fases da infância vão chegando e nós pais temos que nos adaptar a cada uma ...para tentarmos ao máximo tomarmos as melhores atitudes naquela determinada fase...pois ela irá passar...mas contribuirá de alguma forma no desenvolvimento de nossos filhos...Então paciência e dedicação...rs...e claro...oração.



No ultimo post comentei que a Raisinha andava um pouco nervosa e eu estava num momento de mostrar a ela o que era certo....errado...muita conversa... castigo quando precisasse...enfim um desafio interessante que gracas a Deus vem dando resultados positivos...a semana esta acabando e ainda não fui chamado pra conversar na escolinha rs...mas o mais engraçado é quando pego ela na escola e ela entra dizendo..." Hoje eu nao bati em ninguém papai...brinquei com todos os amigos"...ela ja entra no carro se justificando...pois antes dela chegar a escola oramos e conversamos sobre isso.

Aproveitando o gancho do assunto...esses tempos atrás me fizeram a seguinte pergunta..." Rafa com tudo isso que aconteceu...qual seu maior desejo?"
Respondi o seguinte:" Meu maior desejo é ver a Raisa se formando...casando...e em cada um desses momentos eu olhar para a minha familia...a familia da tati e dizer...conseguimos"...e a contra-resposta foi imediata..." Rafa não crie expectativas suas para o futuro dela...você pode se decepcionar e o pior interferir de uma forma negativa no processo de crescimento da Raisa".

Interessante isso que ouvi...na hora pensei...pensei...mas depois concordei e sei também que é um assunto bem complexo e que com certeza daria uma boa discussão numa mesa com papais e mamães rsrs.

Quando as mamães ainda se encontram na fase da gestação...ja estamos fazendo planos para nossos filhos...que nem vieram ao mundo ainda...olha que interessante...Há vai ser jogador ou cantor sertanejo e claro médico rs...tudo depende do que esta dando dinheiro no momento rs...Já as mulheres serão modelos...atrizes ou claro médicas e assim começamos a idealizar em nossas cabeças um futuro melhor para nossos filhos...normal? Sim...afinal são nossos filhos...queremos o melhor pra eles...porém vem outra pergunta...É certo? Será que o que achamos que é o melhor pra eles...realmente é? Na verdade devemos criar a seguinte expectativa sobre nossos filhos...que eles sejam felizes independente do que escolherem para suas vidas...seria interessante...principalmente pra quem tem filhos pequenos começar a pensar assim...pois se evitaria algum tipo de decepção no futuro e lembrando que seu filho não esta fazendo nada de errado...apenas não escolheu o mesmo que você sonhou pra ele.



Esses dias atrás...estava acontecendo o vestibular de inverno aqui na cidade e um jovem que tenho bastante contato comunicou a seus pais seu desejo de tentar passar para um determinado curso...os pais...e irmãos não aceitaram e tentaram vender a idéia de que aquele curso não dava dinheiro...que ele escolhesse outro...essas pessoas são bem presentes na minha vida rsrs...Irão se identificar assim que chegarem nessa parte do texto rs...Enfim esse jovem mudou o curso...para agradar seus familiares e claro surgiu um medo enorme do curso o qual havia escolhido...pois as pessoas que ele tem como referência só expunham palavras negativas a respeito da sua escolha...agora...vamos supor que esse jovem passasse no curso no qual ele escolheu contra a sua vontade e se formasse...começasse uma carreira e fosse bem sucedido financeiramente falando...a familia iria se orgulhar e muito...mas e ele...ele iria estar completamente feliz? Infelizmente a sociedade vê as pessoas felizes como aquelas que tem um bom cargo...um bom carro...uma boa casa...bens
...investimentos...queridos...muitas pessoas com todos esses atributos não tem tempo pra família...prática de esportes...não tem amigos verdadeiros...vivem rodeados de pessoas com algum tipo de interesse...e ai o que realmente é felicidade? Cuidemos com as expectativas que criamos aos nossos filhos...que eles sejam.felizes seja qual for a sua escolha e claro pensemos mais no hoje...o.amanhã Deus cuida...as vezes pensamos tanto no futuro que acabamos nos esquecendo do presente.



E antes de acabar gostaria de deixar uma opinião particular...Não se preocupe em deixar heranças materiais para seus filhos...se preocupe em lhe dar amor...ensinar o certo...ser honesto...apresente Deus a ele...com essas qualidades ele irá conquistar muito mais do que você sonha em deixar de herança pra ele...Não crie herdeiros...crie homens e mulheres de caráter...se preocupe realmente com o que vale a pena....Mas sei que isso é um assunto bem complexo no qual eu próprio me pego em dúvidas muitas vezes...mas lembrem-se muito de vocês que estão lendo esse texto não obtiveram herança e estão ai...bem...felizes...as lutas sempre irão existir com dinheiro ou sem dinheiro....Criamos a idéia ilusória de que deixando isso ou aquilo para o filho...ele terá uma segurança maior...as coisas serão menos difíceis...engano nosso...as lutas sempre existirão...independente de qualquer coisa.

Esse post gostaria muito que vocês comentassem...pois sei que é um assunto delicado...gostaria de ler comentários com a opinião de vocês e quem sabe em cima disso elaborar outro texto sobre o lado positivo da expectativa dos pais.

E não se preocupem com o amanhã...Deus esta no controle...se você fizer tudo certo hoje...o amanhã estará tranquilo...Deus não faz a obra pela metade.

Deua abençoe a todos.

3 comentários:

  1. É verdade Rafa, esse é um assunto muito complexo pois nós mesmos nos pegamos em dúvidas muitas vezes, me identifiquei, pois hj tenho dúvida em relação a minha profissão, se foi o que eu realme te escolhiii ou foi um caminho que desde pequena me induziram a seguir... como sabe trabalhei 10 anos em uma atividade familiar, que hj penso que isso pode sim ter me influenciado nesses anos todos... hj estou em dúvida! Já pensei muuuuuito em relação as profissões, o que hj da dinheiro e o que da satisfação pessoal...difícil!!!! Demais!!!! Pq parece que a frustração esta ligada ao retorno que o que vc faz te da...em dinheiro ou reconhecimento... �� rss muito bom ler o post de hj!! Abraços

    ResponderExcluir
  2. Caro Rafael, acompanho seu blog a pouco tempo. Te admiro pela força e determinação nessa empreitada logo apos um choque tao inesperado, como foi a partida da sua Tati. Enfim, quanto a sua opinião, compartilho dela tbm. Embora a gente sonhe e crie expectativas com nossos filhos somente eles saberao o que os faz feliz. De resto eh viver. A vida só acontece no dia de hj

    ResponderExcluir
  3. Olá, Rafael! Comecei a ler seu blog há dois dias. Ainda não tenho filhos, mas concordo plenamente com você. Meus pais nunca tiveram uma casa própria e quando eu tinha vinte anos de idade,junto com a minha irmã, conseguimos financiar um apartamento para eles, que quitamos em 8 anos. Tenho muita satisfação, gratidão a Deus por presentear meus pais, eles que me deram o maior presente, a vida (eles escolheram não me abortar como sugeriu o médico, pois minha mãe tinha risco de morrer). No meu trabalho, várias pessoas vieram de um nível material de conforto muito inferior e sabem dar valor ao que têm hoje. Faça isso, não deixe seus filhos saberem que terão herança financeira, deixem um legado de amor e valores e eles saberão valorizar o material também. Bjs

    ResponderExcluir